Ciências da Educação

Filosofia da educação

No Ocidente, graças ao advento da pesquisa filosófica como saber autônomo, independente da religião e da moral religiosa, a teoria da educação tornou-se disciplina autônoma, ligada à evolução do pensamento filosófico. A filosofia da educação investiga os fins, o significado último da educação. Trata-se de um saber especulativo, distinto das preocupações predominantemente práticas da pedagogia. Toda filosofia da educação, a rigor, opera na órbita da antropologia filosófica, da ética e da teoria dos valores.

Educação comparada

Define-se como educação comparada o estudo dos sistemas educacionais peculiares a cada cultura. A educação comparada pode contribuir para o planejamento da educação no futuro (educação prospectiva), oferecendo soluções aos problemas de cada país, obtidas como resultado das experiências realizadas em outras nações.

Realizam-se periodicamente congressos mundiais de educação comparada e existem organismos internacionais que se ocupam desse tema, como a UNESCO, o Conselho Mundial de Educação Comparada (com sede em Genebra) e o departamento de educação da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Biologia da educação

As características físicas do educando, os fatores hereditários, a importância dos hábitos alimentares no desenvolvimento e rendimento do organismo, as anormalidades anatômicas e fisiológicas etc. são aspectos de indiscutível importância para a educação. A biologia da educação estuda os fatores naturais do processo educativo, as condições físicas em que pode exercer-se a ação pedagógica e os efeitos dessa influência sobre a estrutura biológica do ser humano.

Economia da educação

Os recursos econômicos de que cada país dispõe têm influência decisiva na eficácia de seus sistemas educacionais. O estudo da economia aplicada à educação é fundamental para determinar tanto as possibilidades de realização dos programas educacionais como os procedimentos adequados para a obtenção de maior aproveitamento dos recursos disponíveis, para que seja possível estabelecer com segurança metas e prioridades educacionais.

Cabe às autoridades responsáveis pela educação experimentar novos planos de formação, de modo a obter melhores resultados nos programas educacionais; estudar a distribuição geográfica e o aproveitamento das instalações escolares; e prever as necessidades futuras do setor da educação, levando em conta o desenvolvimento socioeconômico.

Psicologia da educação

Como ciência que estuda o comportamento humano, a psicologia proporciona os conhecimentos necessários sobre o educando, o educador e o relacionamento interpessoal na educação. A psicologia da educação aborda a aprendizagem e os aspectos intelectuais, afetivos e sociais do processo educacional. O conhecimento desses aspectos é imprescindível para uma educação verdadeiramente eficaz.

Sociologia da educação

O estudo da educação como processo social, tanto em referência às atividades dos indivíduos como às das instituições, constitui o objeto da sociologia da educação. A relação entre professores e alunos e dos alunos entre si e as características das diversas comunidades que atuam na educação (família, escola, grupos juvenis etc.) são alguns dos aspectos sociais da educação. Os meios de comunicação, os partidos políticos e demais organizações da sociedade, com suas ideologias e concepções diversas acerca do progresso social, exercem igualmente importante influência na educação.

Didática

Como ciência da educação, a didática estuda os métodos de aprendizagem e experimenta novas técnicas de ensino, com base, principalmente, na biologia, sociologia e psicologia. Reúne e coordena todos os resultados da ciência pedagógica, recomendando princípios, técnicas e procedimentos mais eficientes, aplicáveis a todas as disciplinas e graus de ensino.

Veja também:
Educação Contemporânea
Educação em Roma
Educação na Grécia
Educação na Idade Média
Educação na Sociedade sem Escolas
Educação no Brasil
Educação no Humanismo
Educação no Renascimento
Educação nos Séculos XVIII e XIX
Ramos da Educação

     
Digite aqui seu
E-mail para receber notícias de filosofia!



Se acaso qualquer informação do site estiver equivocada, por favor avise-nos que corrigiremos