Estruturalismo

Marcel Mauss, fundador do Instituto de Etnologia da Universidade de Paris, foi mestre de toda uma geração de antropólogos europeus. Seu enfoque, em princípio funcionalista, conquanto mais centrado na sociedade como um todo indivisível do que como uma soma de inter-relações entre indivíduos, deu origem à escola estruturalista. Baseando-se em conceitos derivados da matemática formal e da lingüística, os antropólogos estruturalistas buscaram compreender uma dada sociedade extraindo seu modelo estrutural. Os procedimentos estruturalistas demonstraram sua utilidade para o conhecimento dos sistemas de parentesco e dos sistemas de mitos. Mas a absoluta falta de visão histórica da escola estruturalista e sua análise meramente estática da realidade foram amplamente criticadas. Alguns dos principais representantes da escola estruturalista foram o britânico Arnold R. Radcliffe-Brown e o francês Claude Lévi-Strauss.

Veja também:
Antropologia Física
Antropologia na Atualidade
Culturalismo
Difusionismo
Funcionalismo
Outras Escolas Antropológicas
Métodos da Antropologia Cultural
Teorias Hiperdifusionistas

     
Digite aqui seu
E-mail para receber notícias de filosofia!



Se acaso qualquer informação do site estiver equivocada, por favor avise-nos que corrigiremos