História

A memória da humanidade é conservada nos arquivos da história. As origens da sociedade, a evolução dos povos antigos, o auge e decadência das civilizações, os feitos de personagens ilustres, os antecedentes de acontecimentos e situações contemporâneas e a trajetória do homem ao longo do tempo são temas históricos que constituem uma parte fundamental da cultura individual e coletiva.

Disciplina que se ocupa do estudo dos fatos relativos ao homem ao longo do tempo, a história se baseia na análise crítica de testemunhos concretos e verídicos. Em oposição a certas formas de ficção narrativa -- como o romance histórico -- a história, ao mesmo tempo que é uma criação literária, busca refletir a verdade dos fatos ocorridos e demonstráveis. Em oposição à história não científica, narrativa e subjetiva, com elementos inventados ou interpretados arbitrariamente, a história moderna tende à objetividade, ou seja, à interpretação crítica e racional dos fatos. Em sua orientação pragmática, a história sempre se considerou portadora de valores éticos, políticos ou religiosos, fundamentais para a transmissão da ideologia social.

O vocábulo grego historía, que significa "conhecimento por meio de uma indagação", deriva de hístor: "sábio" ou "conhecedor". O termo latino história foi adotado por quase todos os idiomas ocidentais, com exceções como o alemão (Geschichte).

São muitas as definições que se fizeram dessa disciplina. Para Johann Gottfried von Herder, é "o estudo do passado", conceito que os gregos não haviam especificado. Marc Bloch definiu a história como a ciência dos homens no transcurso do tempo. Lucien Febvre destacou o processo de mudança contínua da sociedade humana como a base da história. Para Benedetto Croce, a história pode adotar elementos filosóficos em seu processo de conhecimento.

Veja também:
A História como Ciência
Ciências Auxiliares da História
Classificação
Filosofia da História
Fontes Históricas
Interpretação Crítica das Fontes
Métodos da História
Ramos da História